sexta-feira, 8 de abril de 2016

SAÚDE: Poços de Caldas vai antecipar vacinação contra a gripe

Poços de Caldas vai antecipar vacinação contra a gripe


A Secretaria Municipal de Saúde de Poços de Caldas vai antecipar a campanha de vacinação contra a gripe em 2016. A data prevista para o início da vacinação na cidade é 18 de abril. Em toda as regiões, 17 salas de vacina vão atender os grupos prioritários antes mesmo do “Dia D” de vacinação, que será no dia 30 de abril.

Fazem parte dos grupos prioritários crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas até 45 dias após parto e idosos, bem como profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas e pessoas privadas de liberdade.

“Decidimos antecipar a vacinação para ampliar a cobertura já que, neste ano, os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave se anteciparam no país. Assim que recebermos as vacinas do Ministério da Saúde, já iniciaremos a distribuição. Cabe ressaltar que, nesta primeira etapa, serão disponibilizados 40% das doses ao município”, explica a secretária municipal de Saúde, Fátima Livorato.

A vacina é trivalente e protege contra dois vírus da Influenza do tipo A (H1N1 e H3N2) e um do tipo B (Linhagem Victoria). Para a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Soraia dos Santos Chiste, cuidados como lavar as mãos e manter o ambiente ventilado são muito importantes.

Diagnóstico e tratamento
De acordo com a secretária de Saúde, o diagnóstico da síndrome respiratória aguda grave é clínico e o tratamento deve ser iniciado assim que o médico suspeitar da doença, conforme protocolo do Ministério da Saúde. “A coleta de material e a realização de exame têm fins epidemiológicos e não interferem no tratamento. A medicação, por outro lado, tem como objetivo impedir a evolução do quadro”, explica Fátima Livorato.


Até o momento, a Vigilância Epidemiológica colheu material para a realização de quatro exames para confirmação de H1N1, sendo dois de moradores da cidade e dois em pacientes de municípios da região que deram entrada no serviço de saúde local. Apenas um já foi liberado pela Fundação Ezequiel Dias, sendo considerado inconclusivo.

A Secretaria Municipal de Saúde já iniciou também a capacitação dos serviços de saúde sobre a gripe e vai reforçar o protocolo e o fluxo de trabalho com os hospitais, por meio de reuniões com representantes da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar.

Fonte: PMPC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...