quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

TURISMO: Governo do Estado de Minas Gerais viabiliza implementação de trem turístico

Governo do Estado de Minas Gerais viabiliza implementação de trem turístico em Poços de Caldas
Fernando Pimentel entregou convênio ao prefeito de Poços de Caldas, Eloísio do Carmo Lourenço

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, entregou, nessa quarta-feira (27/1), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, ao prefeito de Poços de Caldas, Eloísio do Carmo Lourenço, convênio para a implantação do Trem Turístico Cultural no município.


O contrato, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), prevê investimentos de R$ 10 milhões para o fortalecimento do potencial turístico da cidade e atende a uma das demandas da população recebidas durante a realização do Fórum Regional de Governo no município.

“Essa é mais uma demanda que recebemos durante os fóruns regionais que estamos conseguindo atender. Esse projeto irá fortalecer ainda mais o potencial turístico do município e da região, além de gerar empregos e renda”, destaca o secretário de Estado de Governo, Odair Cunha.

O trem irá trafegar pela ferrovia que tem importância histórica para o município. Em 1886, o então imperador Dom Pedro II esteve no local para inaugurar a Estação Central no município de Poços de Caldas. O percurso total do trem turístico será de 9,6 quilômetros no trecho que está desativado.

“A nossa proposta é a reativação desse trecho que vai da Estação Mogiana, no centro da cidade, à Estação Bauxita. A implantação da maria-fumaça vai acrescentar ao nosso turismo. Já temos um setor hoteleiro forte. Vamos instalar em Poços de Caldas uma nova opção turística para as pessoas”, afirma o prefeito do município, Eloísio do Carmo Lourenço. O prefeito ainda destacou a importância histórica do local. “É a recuperação de um patrimônio histórico que é muito importante para o município”.

O Governo Estadual irá investir, por meio da Codemig, R$ 10 milhões nas obras, que serão acompanhadas pela Secretaria de Estado de Transporte e Obras Públicas (Setop). O município, por sua vez, dará contrapartida de R$ 2 milhões no projeto.

Fonte/foto: PMPC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...