quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

DENGUE: Poços de Caldas supera meta de combate ao mosquito Aedes aegypti

Poços de Caldas supera meta de combate ao mosquito Aedes aegypti

Mais de 73 mil imóveis foram vistoriados este ano

De 4 de janeiro a 13 de fevereiro, os agentes de combate a endemias e comunitários de saúde da Prefeitura de Poços de Caldas realizaram 73.667 visitas a imóveis do município, incluindo residências, estabelecimentos comerciais, terrenos, etc., superando a meta inicial de 69 mil imóveis visitados, estabelecida pela Secretaria de Estado de Saúde.

O resultado foi divulgado nesta terça-feira (16), no balanço do primeiro mês de atividades da Sala Municipal de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, do Vírus Chikungunya e Zika Virus, instalada em 12 de janeiro. A meta foi prorrogada para o final de fevereiro, mas o município ultrapassou o número de visitas antes mesmo da metade do mês.

Para garantir os resultados, o trabalho de vistoria dos 70 agentes de combate a endemias contou com o reforço fundamental de 180 agentes comunitários de saúde. Além do trabalho diário e das visitas aos finais de semana, foram realizados dois mutirões de limpeza durante o mês de janeiro.

Os agentes identificaram 88 focos do mosquito, aplicaram 965 tratamentos com larvicida e apenas 120 visitas foram recusadas pelos proprietários. “É um número muito pequeno no universo de quase 74 mil visitas realizadas, o que demonstra que a população está muito receptiva e tem recebido os agentes com atenção. Nosso índice de infestação também é baixo. Se a população continuar nos ajudando, vamos fazer o possível para evitar um quadro epidêmico no município. Mas não podemos baixar a guarda, já que há epidemia nas cidades da região, tanto no Sul de Minas como no interior de São Paulo”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Fátima Livorato.

Além das visitas domiciliares, foram realizadas capacitações de todos os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para toda a equipe de campo, capacitação de médicos, enfermeiros e profissionais de saúde das redes pública e particular sobre o manejo clínico de dengue, chikungunya e zika e reunião com imobiliárias. As secretarias municipais designaram um zelador para cada prédio público de responsabilidade da Prefeitura, que será o responsável por verificar se há possíveis criadouros ou condições favoráveis para a proliferação do mosquito.

Diversas ações de mobilização e educação em saúde também estão sendo realizadas, fundamentais para a conscientização e apoio da população nas ações implementadas. “Precisamos ressaltar a participação dos diversos setores da Prefeitura, que integram a Sala Municipal de Coordenação e Controle, que é imprescindível para o planejamento e execução de ações integradas, bem como a participação de outros agentes sociais nessa luta contra o Aedes aegypti, que é de todos nós”, destaca o prefeito Eloísio do Carmo Lourenço.

Programação
As ações de enfrentamento da dengue, chikungunya e zika virus prosseguem em Poços de Caldas, agora com o segundo ciclo de visitas a todos os imóveis da cidade. Será realizada também nova capacitação dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, no dia 27 de fevereiro, sobre a coleta de larvas e aplicação de larvicidas.


Um novo mutirão de limpeza será realizado na primeira quinzena de março. Os auxiliares de serviços gerais e zeladores da Prefeitura também receberão capacitação. Prosseguem também as ações de mobilização e educação em saúde, com a chegada de 70 mil panfletos da Secretaria de Estado de Saúde. O DMAE fará orientações sobre a captação segura de água das chuvas.

Fonte: PMPC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...