sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

OBRAS: Mais nove empresas recebem áreas para implantação no município de Poços de Caldas

Mais nove empresas recebem áreas para implantação no município de Poços de Caldas

Obras da nova planta da Danone estão bastante adiantadas

A Câmara Municipal de Poços de Caldas aprovou, no final do ano passado, doação de área para a implantação de mais nove empresas no município. Frooty, Noronha e Ferrari, Sudeste Móveis, WM Inox e Groovy receberam áreas no Distrito Industrial. Já Udder Farmacêutica, WT Serviços e Animal Premium irão se instalar no Mini DI, além da Coopergore, que terá área específica.
Com isso, o município totaliza 31 doações aprovadas no período de 2013 a 2015, para implantação e ampliação de empresas. Os investimentos industriais devem chegar a R$ 600 milhões neste ano, considerando também as ampliações das empresas Danone e Ferrero do Brasil.

“Apesar do delicado momento econômico, Poços de Caldas pode fazer um balanço positivo do ano de 2015, no que diz respeito ao fomento à indústria. Depois de 18 anos, inauguramos uma nova multinacional no município, consolidando, enfim, nosso Distrito Industrial. A nossa gestão entende que, assim como as atividades de turismo, comércio e prestação de serviços, a atividade industrial também deve receber incentivos para compor um quadro de crescimento sustentável em todos os setores, em benefício da cidade, gerando emprego e renda”, avalia o prefeito Eloísio do Carmo Lourenço.

O Distrito Industrial de Poços de Caldas já recebeu aproximadamente R$ 9 milhões em obras de infraestrutura, além de ações importantes de regularização ambiental e de registros, em um esforço conjunto da Prefeitura e do Governo do Estado. A Lei 8.602/09 também foi alterada para modernizar a política de incentivo à instalação de novas empresas no município.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Rodrigo Reis, os investimentos públicos se somam aos recursos privados investidos no Distrito, no Mini Distrito e também em outras plantas. “O município busca demonstrar para o setor privado que há o interesse em receber novas empresas, oferecendo incentivos materiais e fiscais, local adequado e infraestrutura executada de maneira planejada. A efetivação do Distrito e a inauguração da Thyssenkrup em 2015, primeira multinacional inaugurada no município desde 1997, demonstram que este formato de política pública tem trazido resultados positivos. Esperamos dar continuidade a esse trabalho também neste ano”, ressalta Reis.
Diversas empresas estão com obras bastante adiantadas, além das unidades já em funcionamento. No Mini Distrito, a Usipoços iniciou recentemente a construção da unidade e as obras do Laticínio Leitsul prosseguem. Já no DI, Sul Minas Fios e Cabos e Stockfarma, por exemplo, também estão em obras, além de outras unidades.

Fonte: PMPC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...