terça-feira, 15 de dezembro de 2015

SERVIÇOS: Reunião na Câmara discute implantação do Serviço de Verificação de Óbito no município de Poços de Caldas

Reunião na Câmara discute implantação do Serviço de Verificação de Óbito no município de Poços de Caldas

Vereadores e representantes da SES discutiram a implantação da Rede Macrorregional SVO

Na tarde da última quinta-feira (10), os vereadores se reuniram com representantes da Secretaria de Estado de Saúde com o objetivo de discutir a implantação em Poços da Rede Macrorregional de Serviço de Verificação de Óbito (SVO). O encontro contou com a presença do superintendente regional de Saúde da região ampliada de Pouso Alegre Luís Augusto de Faria Cardoso, do coordenador da Rede Macrorregional do SVO de Minas Gerais Vicente Jau, do vice-prefeito Nizar El-Khatib e da secretária municipal de Saúde Dra. Fátima Livorato.

A implantação da rede de SVO tem como finalidade o esclarecimento dos óbitos de causa natural, sem suspeita de violência, com ou sem assistência médica, a fim de auxiliar a definição e implementação de políticas de saúde e para estudos epidemiológicos do Sistema de Informação de Mortalidade. Durante a reunião, os vereadores receberam informações sobre a escolha de Poços para receber esse serviço, bem como o atendimento que será prestado ao município e a mais de 150 outras cidades.

De acordo com o superintende regional de Saúde, o Governo do Estado colocou como prioridade a implantação, em um menor prazo possível, da rede de SVO em Minas Gerais. “É um projeto que já existia, mas que foi protelado durante muito tempo e agora temos uma priorização dentro do Governo do Estado. Já existe uma receita específica para isso, ou seja, um recurso que vai ser destinado para a construção ou adequação das seis unidades de SVO no estado de Minas. Através do empenho do prefeito de Poços, que sinalizou a necessidade de uma estruturação do serviço, buscamos junto à Secretaria de Saúde e conseguimos efetivar uma proposta concreta para que esse projeto estivesse aqui na cidade”, declarou.

Sobre a seleção dos municípios que contarão com a Rede Macrorregional, o superintende esclareceu que as cidades são escolhidas atendendo a uma série de requisitos. “Os municípios escolhidos são municípios polos, que se destacam dentro da assistência à saúde como referência de uma região. Existem outros critérios, como por exemplo o fato de haver uma perspectiva de uma faculdade de medicina e a proximidade com Pouso Alegre, que é onde estão localizados hoje a Superintendência Regional de Saúde e o laboratório macrorregional de análises do estado. Enfim, são uma série de requisitos que passam por análise técnica e, a partir do momento em que houve essa intenção do município de correr atrás para efetivação do projeto, o governo verificou que Poços tem total condições de recebê-lo. São somente seis unidades no Estado de Minas e no sul de minas Poços está sendo contemplada com esse serviço que será de suma importância para a região”, explicou.

A secretária municipal de Saúde destacou o empenho da Prefeitura em conseguir a implantação do SVO e falou, ainda, da importância dessa conquista. “Esse é um pleito do prefeito Eloísio, que entendeu a importância do município sediar esse serviço, que vai atender à população do município e também toda a macrorregião sul, que conta com 153 municípios. É um ganho para a saúde coletiva e, sem sombra de dúvida, vai representar futuramente um grande apoio para o planejamento da saúde a fim de que possamos melhorar o atendimento às demandas da população”, disse.

A presidente da Câmara, vereadora Regina Cioffi (PPS), enfatizou que o SVO é essencial para o município e região, possibilitando, além do mapeamento das causas de mortes, um planejamento de políticas públicas na área da saúde. “A partir desse mapeamento das causas de óbitos, poderemos realizar ações visando à prevenção de doenças, além de ser um fator de humanização nesse momento tão difícil, que é quando perdemos um ente querido. É preciso enaltecer o papel da Câmara nesse processo. Tenho certeza que todos os vereadores não medirão esforços na construção desse projeto, dentro da competência do Poder Legislativo”, afirmou a parlamentar. 

Fonte: PMPC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...