quinta-feira, 2 de julho de 2015

CONFERÊNCIA: Debate qualidade da saúde pública em Poços de Caldas

Debate qualidade da saúde pública em Poços de Caldas

A secretária de Saúde, Fátima Livorato

Poços de Caldas sediou, durante toda a quinta-feira (2), a 13ª Conferência Municipal de Saúde. O evento, organizado pelo Conselho Municipal de Saúde com apoio da Prefeitura, foi realizado no plenário da Câmara, que ficou lotado para os debates.

No início da conferência, foi apresentado um vídeo com as principais ações em saúde do município. O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Edson Avella, destacou a relevância da participação efetiva e representativa na Conferência.

O tema central debatido na Conferência foi “Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas”. Neste sentido, a palestrante Dra. Aparecida Linhares Pimenta, ex-secretária de Saúde do município, que hoje é diretora do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas do Ministério da Saúde, ressaltou que o Sistema Único de Saúde existe para garantir atendimento de qualidade às pessoas, para efetivar políticas de prevenção e para salvar vidas.

Na mesma linha, a secretária de Saúde, Fátima Livorato, se colocou como uma defensora da bandeira do SUS e ressaltou que as discussões da conferência são fundamentais para os rumos do sistema. Ela também afirmou que a melhoria do SUS passa pela valorização dos trabalhadores em Saúde. A presidente da Câmara, Regina Cioffi, enfatizou que a conferência é um espaço de proposituras, de debates de idéias e de críticas construtivas para a melhoria do sistema.

Já o representante dos usuários do SUS, Willian Henrique da Silva, destacou a importância da participação maciça, que lotou o plenário de pessoas dispostas a discutir saúde pública. Participaram da conferência, profissionais de saúde, usuários do SUS e prestadores de serviços. Ao final dos debates, foram eleitos os delegados que irão participar da Conferência Estadual de Saúde.

Ações
A secretária de Saúde, Fátima Livorato, destacou a reorganização do Sistema de Saúde Municipal, de acordo com os princípios e as diretrizes do Sistema Único de Saúde e em consonância com a realidade local e regional, além da Política Nacional de Atenção Básica, Redes de Atenção a Saúde (Cegonha, de Urgência e Emergência, de Atenção Psicossocial, Cuidados a Pessoa com Deficiência, Cuidados a pessoas com Doenças Crônicas), fortalecimento da Vigilância em Saúde, aperfeiçoamento dos mecanismos de planejamento e gestão do SUS, Política Nacional de Assistência Farmacêutica e Política Nacional de Saúde Bucal.

Ela ressaltou, ainda, a elaboração e aprovação do Plano Municipal de Saúde 2014-2017 pelo Conselho Municipal de Saúde, em abril de 2014, e a elaboração da Programação Anual de Saúde, a partir de 2013. 

Fonte: PMPC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...