terça-feira, 23 de junho de 2015

GESTÃO: Índice de gestão fiscal aponta para melhorias em Poços

Índice de gestão fiscal aponta para melhorias em Poços

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) divulgou o Índice Firjan de Gestão Fiscal, que avaliou a situação fiscal de 5.243 municípios. No índice geral, Poços de Caldas melhorou seus resultados, saindo do conceito C em 2012, para conceito B em 2013.

A cidade também melhorou na avaliação dos itens receita própria e custa da dívida, que são classificados como conceito A. O Índice Firjan de Gestão Fiscal tem o objetivo de estimular a cultura da responsabilidade administrativa, possibilitando maior aprimoramento da gestão fiscal dos municípios, bem como o aperfeiçoamento das decisões dos gestores públicos quanto à alocação dos recursos.

A avaliação de Poços no IFGF mostra a recuperação do município em relação aos anos de 2010, 2011 e 2012, cujos índices alcançaram respectivamente, 0,5648, 0,4906 e 0,5172, todos inferiores ao índice alcançado em 2013, que é de 0,6001 (Conceito B).

Metodologia
O IFGF diz respeito à forma como os tributos pagos pela sociedade são administrados pelas prefeituras. O índice é construído a partir dos resultados fiscais das próprias prefeituras – informações de declaração obrigatória e disponibilizadas anualmente pela Secretaria do Tesouro Nacional.


Composto por cinco indicadores – Receita Própria, Gastos com Pessoal, Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida –, o IFGF tem uma metodologia que permite tanto comparação relativa quanto absoluta, isto é, o índice não se restringe a uma fotografia anual, podendo ser comparado ao longo dos anos. A pontuação varia entre 0 e 1, sendo que, quanto mais próximo de 1, melhor a gestão fiscal do município no ano em observação.

Fonte: PMPC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...